INDEPENDÊNCIA – QUE INDEPENDÊNCIA?

Hoje amanheceu o dia e muito se vê nas mídias as homenagens a uma suposta “independência”, a que chamam “independência” do Brasil. Eu pergunto: que independência? Independência de que?

Fato é que o povo está cego, não sente que é escravo de um sistema podre. O povo parece não perceber que somos dependentes; dependentes de um país sucateado por políticos imundos; somos dependentes de uma política suja, de políticos corruptos, de uma imprensa infame, parcial e interesseira.

Somos escravos da insegurança, do desemprego e da triste disparidade social; somos escravos das negligentes políticas nas áreas da educação, das moradias, do saneamento básico, da saúde, da economia, das necessidades básicas e de um salário justo.

Enquanto o povo brasileiro estiver atrelado a tudo isso, não se pode considerar que tem liberdade. Estão confundindo a democracia com vandalismo, interesse, desrespeito e violência; estão promovendo a libertinagem nos conceitos em detrimento da liberdade dos preceitos. Enfim, se isso tudo se chama liberdade, então os dicionários terão que trocar seu sinônimo. 

Hoje, o cidadão é preso dentro do seu próprio comércio enquanto o bandido é livre; nós não temos a liberdade de ir e vir a diferentes localidades, pois existem os malditos diabólicos comandos que dominam sobre tudo, inclusive sobre a vergonha chamada “Estado”; não somos livres para sair, se divertir e nem ficar na própria calçada de casa por conta de meliantes que assolam a sociedade humana.

E quando surge algum herói na história brazuca em busca dos verdadeiros ideais de liberdade ou soluções políticas dos problemas comuns, logo são exterminados, torturados, enforcados, esquartejados, esfaqueados, perseguidos por diversos setores de uma imprensa podre, por mídias interesseiras e eliminados de uma forma ou de outra.

Não sei com certeza o real motivo de Dom Pedro separar o Brasil de Portugal; talvez livrar a nação lusa de uma futura laranja podre. Se dependêssemos dos lusitanos, certamente seríamos hoje um país de vergonha.

14 comentários em “INDEPENDÊNCIA – QUE INDEPENDÊNCIA?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s