Eleições 2018 – O Futuro do País em Nossas Mãos

FOTO-01-562

Neste domingo, 7 de outubro, o Brasil se prepara para a escolha dos mais novos, ou até mesmo velhos candidatos a serem eleitos e reeleitos, respectivamente, visando o futuro da nação. A maior perspectiva se concentra no fato de quem herdará o caminho para a administração maior do nosso país.

 

csm_fad4e8f0-c1a4-41df-97be-b49acd1fecb4_01_7c2581ae25

Abrindo minha caixa de mensagens do Facebook, me deparei com diversas mensagens, incluindo assuntos políticos e perguntas sobre minha opinião sobre o pleito presidencial. Antes, quero informar que o fato de eu não responder habilmente as mensagens, se dá por eu não ter mais em meu dispositivo móvel o aplicativo do Messenger. Quando visualizo as mensagens, é exatamente quando estou logado no Facebook, no qual está sendo muito raro minha presença. Portanto, peço desculpas e a compreensão das partes envolvidas neste assunto. E sobre a política, já não sou mais aquele debatedor, polêmico e partidarista, quem me conhece sabe. Muitos até se admiram, mas esta é a verdade. E se querem minha opinião sobre os presidencialistas, irei agora comentar o meu parecer pessoal sobre cada candidato.

 

ilustraVOTO

Se o seu pensamento é não votar em candidatos grosseiros ou arrogantes, acredito que não votarão em JAIR BOLSONARO e CIRO GOMES. Inclusive, o CIRO, ainda tem um comportamento agressivo, autoritário, com abuso de poder e caráter irônico, nada condizente com um cargo de administração pública, principalmente na liderança de uma nação.
FERNANDO HADDAD, é uma opção nada comparada ao desempenho que teve o ex-presidente Lula na época de sua gestão. HADDAD, além do mais, está envolvido em corrupção e foi um péssimo prefeito na administração da cidade de São Paulo. Sua eleição poderá ser um caos ainda maior para o Brasil. GERALDO ALCKMIN (também envolvido em corrupção), caso seja eleito, poderá ser outra desgraça para este país. Os tucanos já provaram quem são. Eles também participaram na derrocada desta nação e continuam flertando o Brasil. ÁLVARO DIAS, com promessas não tão diferentes das dos demais velhos políticos, soa como um candidato ruim, tal como foi a sua péssima atuação no último debate da Globo quando só faltou se declarar para o William Bonner, além de parecer estar em um leve estado de embriaguez. HENRIQUE MEIRELLES, vive se gabando de ter participado de várias administrações financeiras internacionais. No entanto, em sua última participação na economia brasileira junto ao golpista e atual presidente Michel Temer, ambos acabaram de afundar o Brasil. A MARINA SILVA, mais parece um desalento e sempre com aquele discurso apático. Apenas não deixa de ser agressiva aos adversários principais, principalmente com o partido de cujo tal ela já saboreou uma fatia de bolo no passado. GUILHERME BOULOS, um perigo para a nação em caso de ser eleito. Ele tem um programa que une socialismo (companheiro do comunismo) com ideias de libertinagem. Seria a transformação definitiva do Brasil numa espécie de hodierna Sodoma. CABO DACIOLO, um candidato muito eloquente, mas com poucas propostas para um país melhor. O seu erro foi transformar o palco político peçonhento num púlpito de adoração a D’us e pouco falar de propostas. Até mesmo o seu eleitorado evangélico não passa de 1%. E por fim, EYMAEL, JOÃO AMOÊDO, JOÃO GOULART FILHO E VERA, deixam bem claro a sua pouca expressividade e incapacidade de chefiarem uma nação. Portanto, só tenho a dizer uma coisa: estamos precisando mesmo é de um candidato com pulso forte, postura e hombridade. Alguém sem problemas judiciais e sem envolvimentos com a corrupção. Precisamos acima de tudo, de um candidato que honre a D’US, ame a pátria e resolva resgatar a moral e a ética, coisas perdidas há muito tempo neste país. Precisamos salvar as nossas crianças de uma falsa cultura e criar uma nova cultura voltada para o bem estar de forma geral e ainda salvar o que resta de bom na nossa sociedade e no seio da família. Precisamos tirar o Estado das mãos do crime organizado, das drogas e da violência. O Brasil precisa de segurança e paz, de emprego, de prosperidade, de saúde, de educação, de saneamento básico, de moral, de ética e acima de tudo, o Brasil precisa de D’US. E para que tenhamos esse sonho realizado, se faz necessário um Chefe de Estado com todas as características já citadas aqui anteriormente. E não direi em quem votarei, mas se você tem bom senso e discernimento, com certeza terá a destreza para entender em quem irei optar.

E boa eleição a todos!

 

Anúncios

12 comentários em “Eleições 2018 – O Futuro do País em Nossas Mãos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s