Águas para beber – Os Cuidados na Escolha de um Produto Seguro e Adequado

foto1

O consumo de água engarrafada tem crescido muito nos últimos anos entre os brasileiros. O tratamento e engarrafamento que antes era limitado a poucas grandes empresas, hoje está mais acessível a numerosas outras empresas que exploram este mercado bastante rentável e promissor. O mercado, além de venda direta ao consumidor, permite ainda o repasse para um mercado intermediário até o seu consumidor final. É muito comum se ver hoje em dia diversas micro e pequenas empresas atuando nesse ramo, quer seja na revenda ou até mesmo na exploração, tratamento e envasamento de água.
No entanto, os consumidores precisam, além de conhecer os tipos de água comercializados, saber quais são os cuidados que devem ter antes de adquirir um produto para o seu consumo, pois lembrem-se, que a sua saúde é algo que está envolvido e que merece ser preservada.

 

foto2

Para começar, saiba que há no Brasil três tipos de água regulamentadas para serem envasadas e comercializadas, segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA): água natural, água mineral natural e água adicionada de sais, sendo as duas últimas citadas, as mais comuns dentro do comércio. Mas qual a diferença entre água mineral natural e água adicionada de sais?

 

3destaque-428463-agua_arte_atorres

A água mineral natural é obtida diretamente das fontes naturais ou extraída de águas subterrâneas. Contém sais minerais naturais presentes em sua composição, e passa por rigorosos testes de pureza, qualidade e controle de sais, pela ANVISA e outros órgãos de fiscalização.
Já a água adicionada de sais, é uma água tratada que pode ou não, ser de uma fonte natural. Os sais contidos nela são adicionados artificialmente e a mesma também passa por todos os testes de rigor da ANVISA e outros órgãos. Essa água não deve conter açúcares, adoçantes, aromas ou quaisquer outros ingredientes. A adição de sais minerais que ela contém, é nas proporções determinadas pelos profissionais habilitados da ANVISA.
Contudo, qual dessas águas é a melhor para o nosso consumo?

 

4garrafoes-de-20-litros-fiscalizacao-sefaz_1464444

De acordo com os órgãos de regulamentação e fiscalização, ambas , do ponto de vista sanitário, são próprias para consumo. A diferença está no preço, pois, a água mineral já vem diretamente da fonte e completa de todos os elementos necessários ao seu consumo, sendo esta de um preço mais elevado, submetendo-se apenas a todos os testes exigidos por lei. E quanto a água adicionada de sais, esta passa por um processo em técnica artificial para receber os sais que lhe são compostos. Ela também é submetida a todas as exigências da lei.
As descrições nas embalagens e nos rótulos de garrafas e galões de água devem expressar claramente a que classificação ela se encontra para que o cliente fique bem informado do produto que está adquirindo.

 

foto5

E para você que costuma comprar garrafões de água de 20 litros, deve ficar atento para alguns cuidados a fim de escolher um produto seguro e adequado ao seu consumo.

• Defina o tipo de água que você deseja comprar: mineral ou adicionada de sais.
• Adquira em estabelecimentos confiáveis e que não levante suspeita de fraude.
• Observe o estado dos garrafões e sua validade. Eles devem ser transparentes e estar em perfeito estado de conservação e sem vazamentos.
• Leia o rótulo e fique atento às informações gerais, inclusive às características da água.
• Veja sempre as datas de envase e de validade da água.
• Observe se não há violação no lacre e se há o selo fiscal de controle emitido por órgãos do Estado.
• Evite expor o garrafão ao sol, ao calor, à luz extrema, próximo a produtos químicos, em local úmido ou empoeirado.
• Antes de abri-lo, lave bem as mãos, tire o lacre, limpe a superfície externa com um papel toalha ou pano multiuso (do tipo perfex) embebido com álcool 70 e deixe secar.
• Nunca utilize o garrafão para outros fins, pois ele é uma embalagem retornável que lhe garante um desconto na compra da água.
• Sempre lave e enxágue bem o bebedouro a cada troca de garrafão.
• Pelo menos uma vez no mês, desinfete o bebedouro com água sanitária tradicional sem aroma.

Portanto, estando atento a estes detalhes, com certeza, além de estar adquirindo um produto seguro, você estará zelando por sua saúde e da saúde de todos os que bebem da sua água.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s