Os Seis Fundamentos Básicos que Motivam a Morte – Causa Mortis

Embora seja uma coisa que ninguém gosta de mencionar, ou que jamais gostaria de passar por isso, mas infelizmente a humanidade em geral está destinada a esta triste circunstância. Ela é o contrário da vida, enquanto uma é motivo de prazer, a outra é de pesar. Na realidade, a morte é o trágico e o irônico. Embora a morte seja uma circunstância, porém, ela tem os elementos secundários que a exprimem, ou seja, os motivos que a fazem acontecer.

Passagem-Morte

Poucos são os estudos e poucas são as atenções voltadas para os principais fatos que fazem uma pessoa perecer. Geralmente os destaques ficam em torno do óbito, mas as causas, são detalhadas apenas para elucidar o fato, e são elas que precedem a morte. Contudo, raramente se detalham a natureza da morte.

 

11001852_666393380149110_1827839000368894669_n2

 

Portanto, vejamos a seguir, os seis fundamentos básicos que motivam a morte, ou seja, os seis tipos de Causa Mortis” de alguém:

  • Morte natural
  • Morte acidental
  • Morte por moléstia
  • Morte por homicida
  • Morte por suicídio
  • Morte por remoção divina

 

Agora analisaremos cada um destes fundamentos:

 

morte-na-velhice3

A Morte natural

Geralmente essa morte é causada apenas por velhice e sem sinais de moléstia alguma. A velhice é o último estágio do ciclo vital. Haverá um tempo em que a maioria dos órgãos do corpo se enfraquecerão, visão e audição serão afetadas profundamente, os estímulos deixarão de existir, os reflexos cessarão e o cérebro não terá mais a sua atividade normal e tornará-se caduco. Portanto, chegará um tempo em que o próprio corpo não suportará a vida em si. Já se viu muitos casos de velhinhos simplesmente dormirem e não mais acordarem. Isso é o fim de todo um ciclo natural de vida. Assim como a vida é um acontecimento natural, a morte, após todos as fases concluídas da vida, é considerada também, um acontecimento natural.

 

grand-cayman-accident-death-of-richard-martin-of-bethlehem-caused-by-excessive-speed-alcohol-court-finds-a00056411035e848-4

A morte acidental 

Embora muitos associem acidentes a desastres entre veículos, mas cabe esclarecer que, são também acontecimentos trágicos, infelizes, que ocasionem dano e consequentemente, a morte. Acidentes são considerados também situações inesperadas. Portanto, desastres de carros, atropelamentos, uma bala perdida ou qualquer outra situação casual, podem causar o que se chama de morte acidental.

 

cardiovascular-disease5Feeling blue

A morte por moléstia

A moléstia em si, é uma doença, um mal-estar ou sofrimento físico causado por vírus, bactérias e outras afecções. A moléstia pode causar também um mal-estar ou sofrimento moral. Milhões de pessoas já morreram vítimas de doenças degenerativas e incuráveis. E também milhões de pessoas já morreram de doenças psicológicas que afetam a moral, citando apenas como um exemplo: a depressão.

 

killer7images8

A morte por homicida

Essa é a morte que mais ocorre no mundo, principalmente em países de terceiro mundo onde o tráfico de drogas comanda a nação. As pessoas não têm noção do valor da vida, não têm conhecimento de D’us e agem com os espíritos demoníacos que os guiam para o caminho do mal e tornam-se homicidas. Estes são responsáveis pelas desgraças de uma nação inteira. Por conta disso e por outros motivos, é que milhares de vidas são ceifadas por homicidas.

 

suicide9

A morte por suicídio 

Essa é a morte pela ação de acabar com a própria vida, de se matar. Milhares de pessoas já morreram vítimas de suicídio, cometidos por infelicidade, ou por desgraça ocasionada por uma atitude, um comportamento, pela falta de senso ou de percepção. Geralmente usam meios como: enforcamento, tiro na cabeça, envenenamento ou se jogam de extrema altura, entre outros mais.

 

dormindo10deus-levou11

A morte por remoção divina

Essa é a morte em que O próprio D’us age, retirando de forma direta o fôlego que sustenta a vida. Era algo muito comum na época dos antigos profetas e outros personagens da Bíblia. Como exemplo, temos o caso de Arão que foi chamado por D’us sendo informado que iria se juntar aos seus antepassados, sendo convidado a subir no alto do monte Hor, e chegando lá, lhe foram tiradas as vestes e ele apenas deitou. Após isso, simplesmente dormiu, o chamado sono de D’us, o tranquilo sono da morte. Da mesma forma aconteceu com Moisés, pois D’us o levou e sepultou num lugar que somente ele sabe onde fica. E se lermos a Bíblia, certamente iremos encontrar outros acontecimentos similares. Portanto, feliz é aquele que tem o privilégio de D’us fazer dormir e ele não mais regressar do sono, salvo, no dia da ressurreição dos mortos.

 

 

 

Anúncios

22 comentários em “Os Seis Fundamentos Básicos que Motivam a Morte – Causa Mortis

      1. É,né?Não lembrava,aí fui ver no “Santo Wikipédia”,aí confirmou,ele morreu dormindo,de infarto fulminante,aos 69 anos.Se vc quiser,veja lá.Lembro que na época falaram que ele estava bem,um dia antes,se não me engano, ele gravou um programa.Algo assim.

        Curtido por 2 pessoas

  1. Mas peço perdão a você e ao José Wilker.Sempre fui assim.Tem vezes que me escapa um modo de falar bobo,uma besteira como essa,quando falo sobre isso,ou sobre alguém que partiu.Não sei o motivo,talvez seja porque no fundo não me sinto bem com isso.Não sei.A Marcha Fúnebre,por exemplo,me dá um sentimento muito ruim.Talvez mais do que para qualquer pessoa.No programa do Silvio Santos toca muito,um trechinho da Marcha Fúnebre.O Silvio e a equipe dele devem gostar.Não lembro agora o gênio que criou.Mas realmente foi um gênio.Acho que realmente expressou o sentido sombrio da morte para os que ficam.Mas quando eu falo besteira sobre isso não falta respeito,não.É só um modo que sai.E depois peço desculpas se ofendi.Mas já reparou?Acho que é “Câmera Escondida”,o último quadro,no programa do Silvio.Não lembro bem,mas acho que tem palhaço no meio.Palhaço,com roupa e maquiagem,literalmente,tem um trecho da Marcha Fúnebre.Mas não é sempre que passa,é quase sempre.Pelo menos nos últimos tempos.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Agora,com o “Santo Wikédia”,eu brinco sem culpas.Acho que quem inventou está vivo.Não sei bem.E o Wikipédia não é nenhum José Wilker.Então o Wikipédia pode ser bom,nas não chega aos pés do José Wilker e não precisa de tanta consideração.É útil,mas o José Wilker era e sempre será tudo de bom,assim como outros gramdes que partiram.Agora não estava brincando.

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s