Medicina Alternativa – A Fitoterapia

A fitoterapia é o sistema mais antigo e o mais usado da medicina no mundo hoje. É o setor da medicina que trabalha exclusivamente com as propriedades ativas das plantas, sendo usado em todas as sociedades e muito comum em todas as culturas.

O efeito das plantas em nossa saúde se deve aos seus princípios ativos que agem no interior do nosso organismo. Em muitos casos, esse princípio ativo pode ser isolado e utilizado para a fabricação de medicamentos cujos tais são chamados de fitoterápicos.

fitoterapia foto1

O uso de plantas na medicina fornece vantagens significativas para o tratamento de diversas doenças. A atividade terapêutica de uma planta se deve à sua natureza química e complexa, com diferentes partes da planta fornecendo certos efeitos terapêuticos. Seus princípios ativos podem ser encontrados nas raízes, nos caules, nas folhas, nas flores, nos frutos, nos caroços e nas sementes. Não tão raro é possível se encontrar plantas que em toda a sua estrutura fornecem princípios ativos que são usados na medicina fitoterápica. As matérias-primas extraídas dos vegetais são: extratos, tinturas, óleos, ceras, exsudatos, sucos, e outros. Não se trata apenas da planta medicinal em si, mas sim de um medicamento industrializado. Por isso, os fitoterápicos, assim como os outros medicamentos, devem oferecer garantia de qualidade e ter sua eficácia comprovada.

Assim como os medicamentos convencionais, os fitoterápicos obedecem a uma mesma regra de fabricação e de uso. São apresentados em comprimidos, cápsulas, xaropes, líquidos, sachês, grânulos, drágeas, supositórios e óvulos.

fitoterapia foto2

Contudo, nem todo medicamento que contenha componentes vegetais, são considerados fitoterápicos. Como um exemplo, a aspirina, utiliza substâncias ativas da planta chamada salgueiro branco (Salix alba) em sua composição. No entanto, não é considerada como fitoterápica por utilizar também outras substâncias não obtidas de vegetais. Um medicamento  verdadeiramente fitoterápico, é composto totalmente apenas de substâncias de origem vegetal.

ervas_sono

Benefícios dos Fitoterápicos

  • Os fitoterápicos tem um custo menos elevado em relação aos medicamentos comuns;
  • Os fitoterápicos geralmente são menos agressivos ao organismo que outros medicamentos, causando menos efeitos colaterais;
  • Os fitoterápicos podem oferecer um tratamento mais eficaz no caso de algumas doenças, tais como: problemas digestivos, ansiedade, ganho de peso e problemas traqueobrônquicos.
  • Os fitoterápicos podem resolver alguns problemas que ainda não são resolvidos por remédios comuns, principalmente quando ainda não existe no mercado um remédio convencional para determinado problema de saúde.

Precauções

Assim como os medicamentos comuns, os fitoterápicos e as plantas medicinais devem ser usados sempre com cautela e com o acompanhamento de um profissional da área médica ou farmacêutica. Alguns cuidados devem ser tomados para o consumo correto dos fitoterápicos:

  • Os medicamentos devem ser inscritos no Ministério da Saúde e devidamente registrados pela ANVISA;
  • Mesmo sendo isentos de receita, o medicamento fitoterápico deve ser prescrito por um profissional. O Ministério da Saúde descreve orientações para que os nutricionistas também possam prescrever o uso desse tipo de medicação;
  • Os medicamentos fitoterápicos não são recomendados a gestantes e mulheres em fase de amamentação;
  • Devem ser tomados de acordo com a bula ou conforme orientação médica. Nunca se deve exagerar na dosagem.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s