A Mulher a Partir dos 30 Anos – Experiente no Amor e Negligente na Saúde

mulher

Em pesquisa feita na Grã-Bretanha, descobriu-se que os principais reais valores da vida são despertados a partir dos 30 anos. Concluiu-se que é partindo dessa etapa que as grandes conquistas se realizam e a felicidade parece ter um fluxo maior. Nessa nova fase a mulher já entra com mais conhecimento e amor próprio. Ela está propensa a encontrar um grande amor e realizar o melhor sexo da sua vida.

 

mulher

 

Veja as experiências que você já adquiriu para se dar bem na era dos 30:

1. Experiência

Por já ter vivido relações anteriores, desde a adolescência, você já sabe o que te agrada e o que detesta dentro de um relacionamento. As decepções que já teve, farão com que você esteja em alerta para que elas não mais se repitam em seu novo amor. Até mesmo terás uma posição de humildade para ponderar os seu próprios erros e evitar que eles te acompanhem, para o bem do novo relacionamento.

2. Inteligência

Aquela fase em que você não tinha segurança sobre si já ficou para trás. Era uma época de fábulas, ilusões e incertezas. Muitas vezes você se deixava envolver por opiniões dos outros e nesse emaranhado de ideias, acabava se complicando. A partir dos 30 você já sabe muito bem tomar sabiamente suas próprias decisões, não se envolve facilmente por opiniões alheias, tem uma boa autoestima e saberá o que quer numa relação a dois.

3. Não ser tão ciumenta

Sendo experiente e inteligente, como consequência, você saberá qual o tipo de pessoa te fará feliz. Isso te dará mais segurança e com certeza, a questão “ciúmes” já não será um problema em sua nova relação, afinal, você confiará mais no seu companheiro e ambos terão a sólida certeza de que farão tudo para que essa caminhada a dois possa sempre dar certo. Embora um pouco de ciúme possa se apresentar, porém nada que venha prejudicar a integridade desse novo vínculo, pois você já sabe as consequências disso.

4. Uma relação sexual melhor

A estas alturas você já deve ter vivido experiências sexuais suficientes para saber o que seja ou não, agradável ao seu belo prazer sexual. Também já conhece muito bem o seu corpo e as suas necessidades. Em seu novo relacionamento poderá descobrir novas aventuras e usufruir melhor dos prazeres e das carícias do sexo.

5. Amor próprio

Conhecer alguém que a ame verdadeiramente, a faça muito feliz e realizada em tudo, com certeza é algo que toda mulher gostaria de ter. Mas nunca deixe de amar a si mesma! O amor próprio é a certeza de que tudo será felicidade em sua volta. Tenha também os seus próprios sonhos, seus objetivos pessoais, metas, trabalho, estudos, beleza física e autoconhecimento. Com certeza, dentro de um harmonioso relacionamento, você terá total apoio do seu companheiro.

6. Segurança

Esta é a suma de todos os fatores anteriores que foram explicados aqui. Portanto, ao entrar numa nova relação com todo um aprendizado que você teve até os 29 anos, com certeza, segurança é o que terás em todas as suas novas decisões daqui pra frente, inclusive até mesmo para decidir o destino desse novo relacionamento.

Os 6 maiores erros de saúde que as mulheres cometem aos 30 anos

Falamos sobre as lições da vida amorosa das mulheres, recebidas da adolescência até os 29 anos e qual a repercussão desse aprendizado a partir dos 30. Por outro lado, existe uma coisa bem contraditória, ou seja, durante os anos de mais juventude, normalmente elas se cuidam, têm suas vaidades, busca da beleza física e da própria saúde. Contudo, muitas mulheres “relaxam” esses costumes, principalmente quando chegam na era dos 30. Foi por isso que abordamos no tópico anterior, mais precisamente, no tema de número 5 (amor próprio), a necessidade de se buscar e exercitar essa ação na sua vida. “Ao todo, os anos 30 são um momento muito positivo para a saúde, mas é também o tempo que você tem que começar a desenvolver excelentes hábitos como um investimento no futuro”, diz a Dra. Debra Anne DeJoseph, diretora médica do Instituto de Saúde da Mulher na Universidade Hospitais em Cleveland, Ohio. Em outras palavras, significa dizer que se você não cuidar da saúde durante os anos 30, com certeza poderá ter complicações consequentes dentro dos 40 anos.

 

Aqui estão os 6 maiores erros de saúde para evitar em seus anos 30:

 

1. Você não pensa na sua massa muscular

mulher

É nessa fase que o corpo costuma perder massa muscular, mesmo que você esteja em plena atividade. Embora os exercícios de aeróbica sejam determinantes para a sua saúde cardiovascular, alguns estudos mostram que eles reduzem o risco de Alzheimer e algumas formas de câncer. Contudo, “as mulheres em seus 30 anos devem tirar tempo para o treinamento de força física também”, alerta a Dra. Holly Phillips, autora do livro “The Exhaustion Breakthrough”. Para ajudar a manter seus músculos fortes e funcionando bem, as mulheres devem incorporar treinamento de força em seus regimes de exercício. “O treinamento de força cria lágrimas microscópicas nos tecidos musculares”, que então dispara os músculos para reconstruir e fortalecer, diz a Dra. Phillips.

 

2. Você ignora a desaceleração do metabolismo

mulher-bebendo-agua

“Uma vantagem extra de treinamento de força é queimar calorias, o que aumenta seu metabolismo”, diz a Dra. Phillips. Parece que à medida que envelhecemos, o metabolismo desacelera por várias razões, incluindo genética, hormônios e dieta, para citar algumas. Adicione ao fato de que a gordura corporal aumenta gradualmente após a idade de 30, com gordura acumulando no abdômen, de acordo com o National Institutes of Health. Embora a desaceleração metabólica em seus anos 30 não seja enorme, se você não tomar medidas para acelerá-la, poderá potencialmente lhe prejudicar numa idade mais avançada. O conselho continua o mesmo: invista tempo em treinamento de força, “ele não só queima calorias, mas aumenta a porcentagem de massa muscular em seu corpo que impulsiona o seu metabolismo num longo prazo”, diz a Dra. Phillips, que sugere cortar da sua dieta os alimentos processados industrializados e consumir alimentos com proteínas magras e ômega-3, como peixe e nozes. Além disso, acrescentar frutas e legumes à sua dieta, cerca de 70 por cento, ela sugere.

 

3. Você calcula mal a fertilidade

mul

O adiamento da gravidez é uma escolha muito comum nos dias de hoje. O número de grávidas ou mulheres tentando engravidar na faixa entre 30 e 40 anos tem aumentado continuamente. Isso se deve a vários fatores, como a espera pelo relacionamento ideal, estabilidade profissional ou financeira, ou incerteza sobre o desejo da maternidade. É importante que você compreenda que a idade afeta a sua capacidade de conceber e de ter uma gravidez saudável. É também importante estar a par dos tratamentos que podem ser oferecidos às mulheres para ajudá-las a atingir a gravidez após o pico da fertilidade, que ocorre entre os 20-25 anos de idade. A partir dos 30 anos, e principalmente, após os 35 anos, ocorre um declínio no potencial reprodutivo. Depois dos 35, aumenta a proporção de mulheres com problemas de fertilidade, abortos espontâneos ou outras complicações com o bebê. Portanto, do ponto de vista puramente biológico, o ideal é tentar engravidar antes dos 35.

 

4. Você nunca tem tempo para ver o médico

mulher-bebendo-agua

Sabemos que a vida da mulher é cheia de ocupações, trabalho, lar, filhos, marido e outras atividades do cotidiano. Contudo, é importante reservar tempo para a triagem de uma variedade de problemas que são “silenciosos”, como pressão alta e colesterol alto. O ideal é que as mulheres comecem a se cuidarem em seus anos 20. E se você ainda não fez exames para medir o nível de colesterol no organismo, é bom se alertar para esse fato! O exame irá revelar o nível de colesterol total, o LDL, o HDL, além da quantidade de triglicérides no sangue. Se você fizer esse exame e tudo estiver bem, então só precisará fazer outro teste por cerca de cinco anos depois. Por outro lado, caso haja problemas, você e seu médico poderão elaborar um plano que inclui dieta, exercício, perda de peso e, às vezes, medicação. Independente da sua idade, faça também uma triagem de pressão arterial a cada um ou dois anos. Faça outras prevenções tais, como:  o teste do HPV (papilomavírus humano), exames ginecológicos, oftalmológico e odontológico.

 

5. Você ainda trata a sua pele como se fosse uma adolescente

mulher-bebendo-agua

A acne na mulher adulta é um problema para as mulheres em seus 30 anos. Geralmente ela começa a ocorrer logo nos seus 25 anos de idade. “É quase epidêmico e pode ser causado por estresse, dieta e hormônios”, explica a dermatologista da cidade de Nova York Dra. Whitney Bowe. O maior erro que as mulheres em seus 30 anos fazem é tratar sua acne com “. . . Produtos químicos agressivos projetados para a pele adolescente “, diz a médica. Em vez disso, ela recomenda a escolha de uma limpeza suave que não agrida a oleosidade natural da pele. Procure utilizar cremes a base de retinoides ou loções que podem aliviar os problemas, bem como reduzir rugas, mesmo que você possa não ter muitas ainda. E se isso não funcionar, consulte um dermatologista que pode fornecer um plano de tratamento personalizado. Também nunca esqueça de usar protetor solar! Os danos causados pelo sol, as rugas e embotamento podem não aparecer até os seus quarenta anos, mas depois disso, nem produtos antienvelhecimento darão jeito. Não se esqueça de aplicar protetor solar no pescoço e peito, também. Não vá pensar que você é muito jovem para o câncer de pele! Familiarize-se com os sintomas de câncer de pele e consulte seu médico se você notar manchas suspeitas ou alterações na pele.

 

6. Você acende o que não deveria

mulher

Embora fumar cigarros já não seja socialmente aceitável, muitas mulheres ainda acendem, se é para reduzir o stress ou tentar manter o peso. Embora as mulheres não sejam tão propensas a fumar como os homens, cerca de 18 por cento das mulheres de idade entre 25 e 44 anos estão fumando, de acordo com as estatísticas da American Cancer Society. Os estudos revelam e provas há, de que fumar afeta tudo, desde a sua capacidade de conceber, a saúde de um feto e, naturalmente, a sua própria saúde, mesmo se você não quiser engravidar. Quanto mais cedo você parar, melhor para a sua saúde. The Lancet é uma revista científica sobre medicina publicada semanalmente e com revisão por pares. É uma das mais antigas e conhecidas revistas médicas do mundo e descrita como uma das mais prestigiadas. É publicada pela Elsevier no Reino Unido. Em 2012 esta revista publicou um estudo no qual mostrou que parar de fumar antes dos 40 anos de idade, “evita mais de 90% do excesso de mortalidade causada por continuar fumando”, de acordo com os autores. Portanto, se você ainda está fumando, pare agora! Hoje é uma grande oportunidade para parar. Existem muitos programas e medicamentos disponíveis para ajudá-la a cortar esse hábito e promover o seu bem.

 

Seja feliz no namoro e boa saúde pra você!

 

 

 

Anúncios

13 comentários em “A Mulher a Partir dos 30 Anos – Experiente no Amor e Negligente na Saúde

    1. Olá querida amiga, tudo bem? Não que eu esteja desaparecido, mas infelizmente o meu computador apresentou um problema: não consegue iniciar o Windows, mas apenas apresenta uma tela preta e nada mais. Agradeço pelo elogio que fizeste ao meu post e fico muito feliz por gostares dele. Beijos minha amiga!

      Curtido por 1 pessoa

      1. Eu lamento muito pelo constrangimento em que tu passas por causa das incompetências desta plataforma. Também espero que consigamos ter os nossos problemas resolvidos o mais breve possível.
        Beijos!

        Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s