Leite de vaca – um alerta para a sua saúde!

2

Todos nós sabemos que o leite primordial das nossas vidas é o leite materno, isso é inquestionável. Contudo, depois que crescemos, achamos que a nossa vida deverá depender do famoso leite de vaca, isso já faz parte da nossa cultura. Na realidade, essa cultura só enriquece o comércio leiteiro e empobrece a nossa saúde. O leite de vaca é naturalmente produzido para um bezerro e a própria natureza do animal esclarece, que depois de adulto ele não mais consumirá o leite. Você nunca ouviu falar de um boi ou uma vaca mamando! Então eu pergunto: se esse leite não mais susterá um animal adulto, será que ele terá grande valia para um humano adulto? Ao contrário, os humanos depois de adultos, perdem a  produção da enzima que permite digerir o açúcar do leite, que é a lactose. Muitos sofrem até por intolerância à lactose a qual não digerida é fermentada por bactérias da flora intestinal, resultando na produção de ácidos orgânicos e gases que provocam sintomas como:

  • Diarreia;
  • Cólicas;
  • Flatulência;
  • Dores abdominais;
  • Náuseas e vômitos.  

Talvez alguém que leia esta matéria, já deve estar julgando contrário pelo fato de ser um consumidor assíduo do leite de vaca. Ou até mesmo você que costuma tomar o leite e nunca sentiu nada contra a sua saúde, jamais vai absorver qualquer palavra que aqui for esboçada.

Levando também em conta uma série de fatores que envolvem o leite, a lembrar, os seus derivados: queijos, qualhadas, iogurtes, natas e muitos outros alimentos, são os queridinhos na mesa dos povos quase que mundial. É quase impossível convencer a verdade sobre alguns desses alimentos. Ressalva-se que apenas laticínios processados naturalmente e sem adição de açucares ou adoçantes, já estão livres de acidez e os estudos atestam que o iogurte, as natas e o kefir, que não possuem rBGH (hormona de crescimento bovina), tem francos benefícios para a saúde humana.

O alerta maior está sobre o consumo de leite em si. Todavia, cabe a cada um decidir o que realmente irá fazer em relação a isso.

Veja a seguir algumas informações médicas sobre o assunto:

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s